domingo, 5 de fevereiro de 2012

Casimiro de Brito e Kathleen Patrick

Distância







Escuto a distância no próprio
Ouvido 

Pequena semente onde cabem o mar
O amor
E outras cidades igualmente intactas

Escuto a distância na manhã
Por ti levantada


in, Mesa do Amor, 1977



Kathleen PATRICK, "Somewhere in the Distance"

Sem comentários: