segunda-feira, 3 de outubro de 2011

José Luís Peixoto

(Sem Título)









"...fico admirado quando alguém, por acaso e quase sempre
sem motivo, me diz que não sabe o que é o amor.
eu sei exactamente o que é o amor. o amor é saber
que existe uma parte de nós que deixou de nos pertencer.
o amor é saber que vamos perdoar tudo a essa parte
de nós que não é nossa. o amor é sermos fracos.
o amor é ter medo e querer morrer..."


in A Criança em Ruínas


Autor Desconhecido, "Visual Fallacy II"

(Retirado de...)

Sem comentários: