sábado, 28 de agosto de 2010

Manuel António Pina e Francesco Cangiullo

Sem Título









As palavras são seres irrequietos.

                                                           Francesco CANGIULLO, "Sem Título"

Sem comentários: